Aminoácidos / BCAA

Conceito e forma dos aminoácidos Os aminoácidos são nutrientes orgânicos formados, basicamente, por 4 elementos: hidrogênio, oxigênio, nitrogênio e carbono. Algumas moléculas podem conter enxofre, mas são uma exceção à regra. A molécula possui 2 grupos: o amina e o carboxílico. Eles estão ligados a um carbono central, também chamado de carbono alfa. Todo o nosso organismo é formado por proteínas. Os aminoácidos se ligam através de ligações peptídicas formando as cadeias de proteínas. No total, existem 20 tipos de aminoácidos, sendo que desses, só conseguimos fabricar 12. Por conta disso são chamados de não essenciais. Os outros 8 tipos são encontrados nos alimentos que precisamos ingerir. Estes, por sua vez, são chamados de essenciais.

 

Aminoácidos essenciais: fenilalanina, leucina, lisina, triptofano, histidina, valina, treonina e isoleucina.

 

Aminoácidos não essenciais: ácido aspártico, prolina, glutamina, glicina, serina, tirosina, cisteína, ácido glutâmico, aspargina, alanina.

 

Para que servem os aminoácidos?

 

Os aminoácidos formam as proteínas, nutriente tão importante e essencial para a reconstrução muscular. As cadeias de aminoácidos ajudam no reparo das fibras musculares. São eles os responsáveis pela produção de mais de 50 mil proteínas e de 15 mil enzimas (essenciais para qualquer função do nosso corpo). Depois que as proteínas são ingeridas, o nosso organismo utiliza as enzimas digestivas para quebrá-las de forma que elas fiquem num tamanho bastante reduzido e voltem a forma de aminoácidos. Só assim podem ser absorvidos e utilizados pelo corpo. Benefícios e efeitos dos aminoácidos essenciais e não essenciais

 

Tendo em mente a função que os aminoácidos têm no nosso corpo fica fácil entender a sua importância e que eles precisam estar presentes para que todas as proteínas sejam formadas.

 

 * Isoleucina: reparação do tecido muscular e produção de energia.


  * Leucina: cicatrização da pele e dos ossos.


  * Triptofano: antidepressivo natural.


  * Valina: redução do apetite e reparação do tecido muscular.


  * Fenilalanina: alivia a dor, redução do apetite e mantêm os níveis de endorfinas adequados.


  * Metionina: diminui a queda do cabelo e o edema causado pelo colesterol.


  * Lisina: quando em contato com a argina, eleva a produção do GH (hormônio do crescimento).


  * Treonina: ajuda na produção de colágeno e elastina.


  * Histidina: precursor da histamina.


  * Ácido glutâmico: é a principal substância que o cérebro usa como energia.


  * Aspartato: neurotransmissor.


  * Glutamina: melhora doenças mentais, o QI e ajuda no tratamento contra o álcool.


  * Alanina: metabolismo da glicose.